A rir é que a gente se entende: neologismo

      So.cra.te.ar elem comp (lat solu + gr -kratés + ear) 1. Ocultar ou encobrir com astúcia e má-fé; disfarçar com cinismo. 2. Não dar a perceber, esconder, calar. 3. Fingir, simular inocência. 4. Usar a dissimulação; proceder com fingimento, hipocrisia. 5. Desviar o assunto; fugir das responsabilidades. 6. Fazer recair as culpas nos amigos (mesmo que familiares) mais próximos. 7. Negar despudoradamente as evidências. 8. Defraudar, iludir; praticar…

O cair das máscaras

Num momento de lazer e abstracção, o zapping pelos canais televisivos leva-me a um documentário que explora o universo da cirurgia plástica nas suas vertentes reconstrutiva e cosmética. Todos conhecemos o percurso de figuras públicas, do meio artístico ou da sociedade festiva, que tentam desesperadamente parar o tempo submetendo-se a múltiplas intervenções que, demasiadas vezes,…