O Bardo de Avon e a Igreja de Roma: A fé católica de Shakespeare emerge na sua poesia e nas suas peças

    John Henry Newman escreveu que Shakespeare tinha «tão pouco de protestante nele que os católicos, sem forçarem muito, têm sido capazes de o reclamar como seu». Hilaire Belloc, em consonância com Newman, sublinhou que «as peças de Shakespeare foram escritas por um homem claramente católico no pensamento». G. K. Chesterton chega à mesma…

Pessoa e Joyce

O Portugal do imperialismo espiritual e a Irlanda caricatura do mundo[1]     Fernando Pessoa e James Joyce eram os dois ocidentais extremos (ou periféricos). Eram os dois escritores, os dois homens, os dois imaginaram nações a sós e a sós se transformaram em “toda uma Literatura.” Nasceram os dois ainda no século XIX, na…

PESSOA À JANELA, FREUD NO DIVÃ

    Nos seus comentários críticos[1] aos dois volumes de João Gaspar Simões intitulados Vida e Obra de Fernando Pessoa (1950), Eduardo Freitas da Costa chama a atenção para o facto de Gaspar Simões usar e abusar de uma abordagem freudiana, mesmo sabendo do que Pessoa pensava de Freud como abaixo veremos. Para Freitas da…