CAMINHANDO SOBRE ESTILHAÇOS DE VIDRO

  Júlio Alberto da Costa Evangelista, de seu nome completo, era natural de Valença do Minho. Advogado de profissão, foi igualmente jornalista e escritor, tendo sido subdirector do jornal diário “A Voz”, de orientação católica conservadora.     Tantos tombaram ao longo do caminho! Tantos caíram inertes, ingloriamente, Sem nada a recordá-los!   Pelo mesmo…

Pessoa e Joyce

O Portugal do imperialismo espiritual e a Irlanda caricatura do mundo[1]     Fernando Pessoa e James Joyce eram os dois ocidentais extremos (ou periféricos). Eram os dois escritores, os dois homens, os dois imaginaram nações a sós e a sós se transformaram em “toda uma Literatura.” Nasceram os dois ainda no século XIX, na…

PESSOA À JANELA, FREUD NO DIVÃ

    Nos seus comentários críticos[1] aos dois volumes de João Gaspar Simões intitulados Vida e Obra de Fernando Pessoa (1950), Eduardo Freitas da Costa chama a atenção para o facto de Gaspar Simões usar e abusar de uma abordagem freudiana, mesmo sabendo do que Pessoa pensava de Freud como abaixo veremos. Para Freitas da…